Vereadores criticam corte de verba direta para as subprefeituras | G1



Para o vereador Delegado Palumbo, do MDB – mesmo partido do prefeito Ricardo Nunes –, o corte apresentado em 2022 obedece uma lógica eleitoral.

“Os políticos cortam verba no começo do mandato, para quando chegar o tempo de eleição despejar dinheiro nos bairros. As pessoas não precisam de asfalto, posto de saúde, mato cortado e praças em ordem a cada quatro anos. Elas precisam todos os anos, os quatro anos de governo. Não dá pra achar que os bairros precisam de atenção só a cada quatro anos”, afirmou.