“Onde está escrito que preciso obedecer ao partido?”, diz Mario Palumbo | Veja SP


O parlamentar-delegado, em seu gabinete: “Podem me expulsar” Alexandre Battibugli/Veja SP


Terceiro vereador mais lembrado pelo eleitor no ano passado, com 118 000 votos, Mario Palumbo é do tempo dos delegados-celebridades, que possuem membros de seguidores nas redes sociais. Integrante da chamada “bancada da bala” e admirador do então deputado Jair Bolsonaro , destinou 400 000 reais de emendas parlamentares para a compra de dez fuzis que serão usados ​​pela Guarda Civil Metropolitana. Mesmo sem saber quem pode utilizar o armamento, o parlamentar diz que a escolha é benéfica.